quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Mercado das Peles

Apesar de ser muito divulgado que não se deve comprar produtos de peles de animais muita gente ainda usa casacos, malas, sapatos... de pele. Alguns sabem, outros não (a inconsciência não é desculpa!, deve-se verificar na etiqueta do que é feito e recusar ou comprar de pele sintéctica). Os argumentos incidem no recurso que os animais são para o Homem - é verdade. Mas quando os ambientalistas reclamam contra as peles não é contra esse tema. É contra o desrespeito pelos direitos dos animais que levam uma vida terrível a favor deste mercado.

Aqui está um exemplo que dá razão a muitos ecologistas sobre a não utilização de peles. A PETA - uma associação ambiental suíça - anda a divulgar no seu site um vídeo que nos apresenta a crueldade desta indústria. O vídeo é completamente chocante portanto aconselho que não vejam se forem sensíveis. Retrata o modo como os homens chineses (pois a China exporta metade dos produtos em pele do mundo) tratam os animais numa fábrica chinesa.

Os animais como furões e guaxinins/mapaches vivem em jaulas individuais onde rapidamente enlouquecem. São retirados da cela e preparam-se para a chacina pois extraiem-lhes a pele vivos. Os homens atiram-nos para o chão e superfícies duras, pisam-nos, batem-lhes com bastões e cacetes de ferro causando fracturas, convulsões nos músculos e ataques mas não a morte imediata.

Depois penduram-nos e começam a retirar a pele com uma faca aos pobres animais ainda vivos e que são literalmente torturados. Debatem-se, esperneiam e tentam morder os operários, o que é compreensível para um animal de natureza selvagem, mas é ainda pior. Quando a pele é finalmente retirada são atirados para uma pilha com outros corpos sangrentos que várias vezes ainda respiram, ainda se mexem ou o coração ainda bate.

video

A única forma de parar com isto é deixar de usar peles. Uma forma de não te esqueceres é asassinares a garantia da PETA (em inglês) onde prometes não incentivar, comprar ou usar produtos de pele de animais: http://www.furisdead.com/pledge-furfree.asp?c=chfrplg

Para mais informações vai a: PETA

Sem comentários: