terça-feira, 3 de Junho de 2008

Formação do Petróleo

O Petróleo teve origem há muitos milhões de anos quando, no fundo dos oceanos, se acumularam sedimentos juntamente com restos de seres vivos microscópicos (plâncton e algas) e outros organismos marinhos. Estes depósitos foram sendo cobertos, lentamente, por outros sedimentos. À medida que as camadas se acumulam, a pressão e a temperatura aumentam. É nestas condições, que a matéria orgânica inicial através de reacções químicas complexas (que ocorrem sempre na ausência de oxigénio) transforma-se ao longo de milhões de anos, numa massa líquida negra- o conhecido petróleo. A rocha sedimentar formada pelos sedimentos e restos orgânicos onde o petróleo se formou, designa-se de rocha-mãe. Mais tarde, o petróleo originado na rocha-mãe desloca-se através de poros das rochas porosas e permeáveis para outras camadas mais à superfície, denominadas por rochas-reservatório. A movimentação do petróleo pode não acabar já nesta fase. Caso no seu percurso não encontre uma rocha impermeável e que impeça a sua ascensão- chamadas de rochas-armadilhas, é devido a estas que se criam os depósitos/jazidas de petróleo-, o petróleo atinge a superfície. Nessa situação, volatiliza-se acabando por se perder no tempo e no espaço. (adaptado de uma ficha de trabalho da disciplina de Ciências Naturais)

2 comentários:

Anónimo disse...

O petróleo cheira mal ?

Tosca disse...

Oi anónimo gostosão,
Isso é muito relativo, afinal o gosto é uma característica individual subjectiva... Apesar de detestar o p******* do petróleo! por acaso gosto tanto do cheiro da gasolina que até saio do carro nas bombas!